P U B L I C I D A D E

29 de abril de 2017

Percurso do Contrabando do Café:
10 kms ao longo da raia na manhã de sábado 6 de Maio

Clicar na imagem para ampliar.
O Município de Marvão promove, no sábado dia 6 de Maio o Percurso do Contrabando do Café/Ruta del Contrabando del Café, em homenagem aos antigos contrabandistas da raia. O percurso, de grau de dificuldade média/alta, tem cerca de dez quilómetros de extensão, e está devidamente sinalizado e homologado.

Galegos, La Fontañera e Pitaranha são as localidades da raia luso-espanhola por onde vai passar este Percurso do Contrabando do Café. A partida para a caminhada está agendada para as 9 horas, na antiga Escola Primária dos Galegos.
“Mas antes de explorar, novamente, os caminhos trilhados pelos contrabandistas, poderão degustar-se as típicas migas de pão com carne de porco frita e o “café do contrabandista”, refere um comunicado da Autarquia. E “já no regresso aos Galegos, os “caminheiros” terão à sua disposição, mediante inscrição prévia, um retemperador almoço convívio”.
Com esta iniciativa, o Município de Marvão pretende “dar a conhecer uma zona de extraordinária beleza natural e paisagística, com passagens por pequenos aglomerados urbanos, historicamente ligados ao contrabando”.
Por outro lado, a nora sublinha que “importa preservar a memória coletiva e intemporal, daquilo que foi o contrabando, como património cultural das gentes da raia. Em tempos, as inúmeras trocas comerciais desenvolvidas, neste cenário de fronteira natural entre Portugal e Espanha, ajudaram a criar laços afetivos e uma identidade local”.
“Em Marvão, o contrabando foi, durante largos anos, o principal sustento para muitas famílias, principalmente o de café, devido à existência de pequenas torrefações no concelho. Esta atividade de alto risco realizava-se, essencialmente, durante a noite, para que fosse mais fácil escapar às patrulhas de guardas e carabineiros, que controlavam a fronteira entre os dois países”. © NCV
Clicar na imagem para ampliar.

Clicar na imagem para ampliar.

Sem comentários: