P U B L I C I D A D E

20 de julho de 2017

Branquinho da Fonseca e Marvão: “O Itinerário d’O Conspirador” será recordado no sábado

Clicar na imagem para ampliar o cartaz.
O Município de Marvão promove, dia 22 de julho (sábado), às 17 horas, na Casa da Cultura, uma sessão pública para apresentação do projeto “O Itinerário d’O Conspirador”, baseado na obra homónima de Branquinho da Fonseca, autor que residiu e trabalhou em Marvão, entre 1935 e 1936.
Nesta sessão será feita uma introdução ao movimento da Presença, ao qual pertenceram, além de Branquinho da Fonseca, mais três vultos que viveram no Distrito de Portalegre: José Régio (Portalegre), Francisco Bugalho (Castelo de Vide) e Mário Saa (Ervedal - Avis).
Para além de Maria Mota Almeida, Luís Branquinho da Fonseca Soares de Oliveira e o Professor Fernando Martinho, participa nos trabalhos João Filipe Bugalho, que falará sobre "Francisco Bugalho e a Presença no Alto Alentejo".
David Mourão-Ferreira, em 1977, ao justificar a razão das comemorações, na cidade de Portalegre, do cinquentenário da revista Presença, que inicia a segunda fase modernista da literatura portuguesa, afirmou: “Seja como for, depois de Coimbra e, talvez tanto como o Porto ou como Lisboa, o Distrito de Portalegre concentra alguns dos mais significativos presencistas”. 
Quarenta anos depois desta evocação e, no ano em que se celebram os 90 anos do aparecimento da revista, o Município pretende dar “vida” ao conto que homenageou Marvão, as suas gentes, e o seu património histórico e natural, de uma forma quase cinematográfica.
Após esta sessão, realiza-se o primeiro Passeio Literário pelas ruas de Marvão, acompanhando Paulo, o protagonista do conto “O Conspirador”, de Branquinho da Fonseca.
Ver mais informações AQUI.

Sem comentários: