P U B L I C I D A D E

3 de julho de 2017

Ciclcismo - Nacional de Fundo (F) 2017:
Celina Carpinteiro é campeã nacional de Elite

Celina Carpinteiro (5 Quinas/Município de Albufeira) sagrou-se campeã nacional de fundo na categoria de elite, impondo-se na prova de 106,8 quilómetros, realizada em Castelo de Vide.
A prova de elite acabou por revelar-se uma corrida de eliminação, com o pelotão a perder elementos de volta para volta. A formação 5 Quinas/Município de Albufeira revelou-se a mais potente, conseguindo ocupar por completo o pódio.
Celina Carpinteiro ganhou, com 3h30m21s, seguida de perto por Irina Coelho, com o mesmo tempo, e por Madalena Almeida, a 3 segundos. Foi o quarto título nacional de fundo na categoria de elite conquistado por Celina Carpinteiro, que já triunfara em 2011, 2013 e 2014.
“Cada título é especial. O meu objectivo não é somar títulos, cada um tem uma história. O de hoje é especial porque significa a recuperação de uma camisola, naquele que é, provavelmente, o ano em que me sinto melhor, algo que só se consegue com muito trabalho. O facto de o nível ter vindo a aumentar no ciclismo feminino motiva-nos mais para trabalhar”, afirma Celina Carpinteiro.
A corredora destaca ainda a conquista da equipa, que conseguiu todos os lugares no pódio de elite.
“Era um objectivo que tínhamos. Embora soubéssemos que era ambicioso, ficou provado que era alcançável”, declara a vencedora da corrida principal.
Maria Martins (Bairrada) continua imparável na categoria de júniores. Depois do triunfo concludente no contra-relógio, venceu hoje a prova de fundo, 80,1 quilómetros, com 2h37m40s. Foi seguida por Marta Branco (Maiatos/Reabnorte), a 14 segundos, e por Diana Fortes (Alcobaça CC/Crédito Agrícola), a 2m00s.
Daniela Campos (5Quinas/Município de Albufeira) confirmou o favoritismo nos 53,4 quilómetros da corrida de cadetes. Venceu isolada, com 1h42m37s, deixando a segunda classificada, Rafaela Ramalho (Maiatos/Reabnorte), a 1m04s. A terceira, a 1m34s, foi Joana Pereira (5Quinas/Município de Albufeira).
A corrida master começou a definir-se na primeira das duas voltas ao circuito de 26,7 quilómetros. Raquel Marques (ASC/Focus Team/Vila do Conde), Elisete Sousa (5Quinas/Município) e Ângela Gonçalves (BTT Seia) isolaram-se do pelotão e discutiram a corrida entre elas. Na aproximação à chegada, Raquel Marques isolou-se e juntou o título de fundo ao de contra-relógio, ao fim de 1h40m08s. Elisete Sousa foi a segunda, a 8 segundos, e Ângela Gonçalves a terceira, a 23 segundos. © NCV

Sem comentários: