P U B L I C I D A D E

3 de dezembro de 2016

Proposta municipal de fim de semana:
depois da Judiaria... a Oficina-Museu Mestre Carolino



“Num fim-de-semana que se adivinha com condições meteorológicas pouco simpáticas para passeios ao ar livre, e na linha da proposta do passado fim-de-semana, sugerimos uma visita à Oficina- Museu Mestre Carolino. 
Um espaço - memória de um ofício secular

No início do século XVI, instalaram-se na Rua Nova, 12 oficinas de ferreiro, onde desenvolviam a sua atividade vários artífices judeus, que haviam sido expulsos de Espanha e entretanto converti-dos forçosamente ao cristianismo, passando a ser conhecidos por Cristãos Novos”.
Clicar na imagem para ampliar.

“Nos anos cinquenta do século XX, nesta rua ainda existiam cinco oficinas a funcionar, entre elas, a da família Tapadejo agora, Oficina-Museu”.
“O último artífice desta oficina foi o Mestre Carolino Tapadejo que a ocupou e lhe conferiu «alma» entre 1945 e 2001. Neste período formou quase meia centena de aprendizes””.
Para perpetuar a memória de Mestre Carolino e de todos os que ao longo dos séculos (quantas vezes em condições terríveis de sobrevivência), se dedicaram a trabalhar o ferro, os seus filhos, Carolino, Mateus e José Alberto, estabeleceram uma parceria com a Junta de Freguesia de São João Baptista (proprietária do imóvel), com vista à criação de uma Oficina-Museu, disponibilizando todo o espólio, para que conterrâneos e forasteiros possam desfrutar de ferramentas e outros objetos, alguns dos quais com mais de 500 anos de idade”. © CMCV/NCV
Localização: Rua Nova | Horário: 10h00 - 13h00 / 14h30 - 18h00.

Sem comentários: