P U B L I C I D A D E

20 de julho de 2017

Projeto Pram CV termina no dia 29:
amanhã há Conversas de Arqueologia sobre o valor histórico da cerâmica

Clicar na imagem para ampliar.
Clicar na imagem para ampliar.
"La cerámica en arqueología: su valor como documento histórico” será o tema da última das 3 Conversas de Arqueologia organizadas este ano pelo Projeto Pram CV – Povoamento rural alto-medieval no território de Castelo de Vide. Tem lugar amanhã, dia 21 de Julho pelas 19 horas no Salão Nobre dos Paços do Concelho e estará a cargo de Inés Centeno Cea
Estas Conversas de Arqueologia complementam as atividades do projeto. As duas anteriores versaram sobre “Porquê escavar? Conhecendo a Alta Idade Média em Castelo de Vide com o Pram CV” (a cargo de Sara Prata e Fabián Cuesta) e sobre “Testemunhos arqueológicos da produção de azeite e vinho no território de Castelo de Vide” (por Sílvia Ricardo).
Em paralelo com os trabalhos de investigação arqueológica são assim também levadas a actividades de divulgação que visam a valorização do património arqueológico de Castelo de Vide no âmbito de uma prática arqueológica científica, acessível a todos.
O PramCV regressou a Castelo de Vide para mais um Verão de trabalhos arqueológicos e actividades de divulgação científica que deverá ser o último já que o projeto termina este ano pelo menos na sua formulação e agenda inicial.
Atividades terminam para a semana
Este ano, durante todo este mês de Julho (até ao dia 29), conforme o NV noticiou (ver AQUI) os investigadores do projecto e alunos da licenciatura em arqueologia da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas estão a levar a cabo uma escavação arqueológica no Vale de Galegos/Tapada das Guaritas, num trabalho que “pretende intervencionar diferentes estruturas alto-medievais, nomeadamente, duas áreas habitacionais e um lagar de azeite, vestígios arqueológicos das comunidades camponesas que ocuparam este território durante o período alto-medieval”. © NCV

Sem comentários: