P U B L I C I D A D E

10 de outubro de 2016

Obras de recuperação dos edifícios das Termas
vão prosseguir com pintura exterior

Foto de arquivo.
Vão prosseguir quase de imediato as obras de recuperação do edifício das Termas e dos edifícios contíguos, agora para a execução da pintura exterior.
Nesse sentido, por despacho datado do dia 3 de Outubro, o Presidente da Câmara António Pita determinou “que se proceda à abertura do procedimento por ajuste direto” para a pintura exterior do edifício das antigas termas locais, na Fonte da Vila. 
No mesmo despacho, e de acordo com o edital que o tornou público, António Pita adiantou que, para o efeito, deveria ser convidada a empresa local João Vaqueiro Soc Unipessoal Lda, “fundamentando-se a necessidade de recurso ao ajuste direto (…) por impossibilidade de satisfação dos serviços por via dos recursos próprios dos serviços da Autarquia”.
Esta empresa foi precisamente a que procedeu nos últimos meses à recuperação das coberturas dos referidos imóveis, uma obra (vd notícia AQUI e AQUI) entregue no início deste mês e que ascendeu a 157.554,88€ (cento e cinquenta e sete mil, quinhentos e cinquenta e quatro euros e oitenta e oito cêntimos). 
Centro de Interpretação Garcia d'Orta. 
Recorda-se que, para além de ter regularizado o registo a propriedade dos edifícios em nome da Câmara Municipal na base de um acordo com a Unicer estabelecido há muitos anos, assinou mais recentemente, no quadro da participação na Rede das Judiarias Portuguesas, uma candidatura ao Programa EEA Grant's – Rota de Sefarad – Valorização da Identidade Judaica Portuguesa no Diálogo Interculturas – que viabilizou a recuperação cofinanciada do Edifício Termal para ali instalar um Centro de Interpretação Garcia d'Orta. O projeto de musealização associado a este processo está em curso, bem assim como o correspondente projeto de arquitetura de remodelação interior necessária para o efeito. © NCV

Sem comentários: