P U B L I C I D A D E

21 de outubro de 2016

JS do Alto Alentejo saúda Orçamento
que “reforça políticas de juventude e interioridade"

Os jovens socialistas do Alto Alentejo emitiram um comunicado em que saúdam o Governo pela proposta de lei do Orçamento de Estado para 2017. “A folga à tributação sobre o trabalho, a diminuição da carga fiscal e a devolução de rendimentos emparelhada com a disciplina das contas públicas são as traves mestras em evidência nas grandes opções do plano”, referem.
Reforço das políticas públicas de juventude

“De todo o modo, não podíamos deixar de salientar o reforço das políticas públicas de juventude em curso, enfatizadas pelo incremento da dotação orçamental em matéria de atribuição de bolsas de estudo e financiamento ao ensino superior, pela expansão da gratuitidade dos manuais escolares a todo o 1ª ciclo e pelo reforço das verbas cabimentadas ao abono de família”.
Combate às assimetrias regionais
No que às politicas de coesão territorial concerne, “o orçamento proposto convalida e certifica que os pergaminhos das políticas de combate às assimetrias regionais viraram a página do abandono no decorrer da precedente legislatura. Mudança que faz prova viva na discriminação positiva em sede de IRC para as empresas sitiados nestes territórios e na execução do corredor do Sul, no âmbito do Ferrovia 2020, consubstanciado na conclusão do troço ferroviário entre o Porto de Sines e Elvas". 
"Ambição de um território sem fronteiras"
"Medida que planta os alicerces para fazer brotar uma plataforma intermodal no tracejado da zona raiana de Elvas e do Caia, que não só potencia a comercialização de mercadorias e o fomento da economia como projecta uma externalidade positiva para o Alto Alentejo, em linha com as reivindicações que JS e PS distritais vêm sufragando, materializada na ambição de um território sem fronteiras, em que a natureza transfronteiriça seja um trunfo para o desenvolvimento local”. © NCV

Sem comentários: