Clicar na imagem para aceder aos ficheiros.

21 de janeiro de 2021

António Pita: “Volta ao Alentejo” regressa a Castelo de Vide em meados de Junho deste ano

O Presidente da Câmara Municipal de Castelo de Vide anunciou nas redes sociais a meio da manhã de ontem, dia 20 de Janeiro, que a “Volta ao Alentejo” regressa a Castelo de Vide em novas datas, este ano no mês de Junho.
"Dinâmica importante para a hotelaria e restauração”
“Acreditando-se que a situação de pandemia irá evoluir favoravelmente até ao final do primeiro semestre deste ano, a organização desta prova e a Federação Portuguesa de Ciclismo, acabam de apontar as datas de 9 a 13 de junho para a Volta ao Alentejo 2021”, refere o autarca.
“Temos saudades da festa do ciclismo e dos amigos de Castelo de Vide que anualmente nos visitam trazendo-nos esta dinâmica tão importante para a hotelaria e restauração”, sublinha António Pita. © NCV

Plano Anual de Feiras e Mercados em Castelo de Vide altera feiras anuais para a 6ª feira mais próxima

Foto © Susana Machado/NCV (arquivo)

Sem prejuízo de regras especiais mais restritivas, designadamente em matéria de limitações à realização de feiras ou mercados que prevaleçam em função do regime especial que for aplicável ao concelho de Castelo de Vide no âmbito da pandemia Covid-19”, o Executivo Municipal aprovou na sua reunião do passado dia 6 de Janeiro o Plano Anual de Feiras e Mercados no Concelho para este ano.
A principal alteração decorreu de uma proposta do vereador Fernando Valhelhas (PS), aprovada por unanimidade, no sentido de que as feiras anuais passam a realizar-se na sexta-feira mais próxima do dia proposto que corresponde ao tradicional.
Feira de S. Lourenço este ano a 13 de Agosto
Assim, mantêm-se as três feiras anuais: Feira de Santo Amaro – 15 de Janeiro (6ª feira), que não se realizou devido ao estado de emergência, a Feira dos Ramos – 28 de Março (Domingo antes do dia de Páscoa) e Feira de São Lourenço – 13 de Agosto de 2020 (considerada a 6ª feira mais próxima do dia 10).
Mercados semanais sem alterações
Em Castelo de Vide haverá mercados semanais nas três primeiras sextas-feiras de cada mês; nos meses com 5 semanas, também haverá mercado semanal na quarta sexta-feira do mês. Na última sexta-feira de cada mês mantém-se o habitual Mercado Franco.
Em Póvoa e Meadas os mercados mantêm-se às quartas-Feiras e Domingos.
As Feiras e Mercados de Castelo de Vide realizam-se em regra na Praça D. Pedro V, e os Mercados de Póvoa e Meadas realizam-se na Rua do Mercado, em Póvoa e Meadas.
Mercados em tempo de feiras
O plano prevê, no entanto, que se excetuem “os casos que, por motivos de força maior, obriguem os mercados a serem realizados noutros espaços alternativos”. E determina que “o mercado semanal anterior a uma feira não é realizado” e que “o mercado semanal posterior a uma feira anual só é realizado se existir um período de cinco dias seguidos inclusive a separar os dois”. © NCV

Situação continua a agravar-se em Castelo de Vide
- ULSNA reportou ontem só mais 3 casos confirmados

Clicar na imagem para ampliar.
De acordo com o relatório diário oficial da ULSNA de ontem, quarta-ferira, mantêm-se os 33 os casos ativos de Covid-19 no concelho de Castelo de Vide mas subiu para 99 (mais 3) o número de casos confirmados desde o início da pandemia. Presume-se por isso que tenha havido 3 casos de doentes recuperados.
Por outro lado, aumentam os óbitos locais que já serão agora 3, como consta do referido relatório diário da ULSNA.
Mas infelizmente estes dados continuam a não refletir a situação real no terreno que continua a piorar de dia para dia; basta considerar os dois surtos que grassam em unidades residenciais para idosos para considerar que neste momento a realidade pode ser multiplicada talvez por três.
Os dados oficiais que fazem o retrato estatístico da situação local deverão assim agravar-se substancialmente já nos próximos dias.
Marvão baixou para 23 casos ativos
No concelho de Marvão desceram de 26 para 23 os casos ativos entre os 136 confirmados (mais um); o mesmo acontece em Nisa onde estavam hoje ativos 110 (menos 26) dos 299 casos confirmados (mais 2) e em Portalegre baixaram de 119 para 113 os casos ativos entre o total de 843 confirmados.
De acordo com a mesma fonte, os concelhos do distrito com mais casos confirmados desde o início da pandemia continuam a ser Portalegre (843), Elvas (715), Nisa (299), Crato (206), Marvão (136) e Ponte de Sôr (249).
Em termos de casos ativos à data de ontem, Arronches subiu para 17 casos numa lista que é liderada por Elvas (232), Nisa (110), Portalegre (113), Campo Maior (115) e Ponte de Sôr (98).
Mais 46 casos ativos 2 2 internamentos no distrito
Quanto a óbitos a ULSNA regista hoje 110 óbitos na sua área de atuação, 3 dos quais em Castelo de Vide, Avis e Monforte, 5 em Ponte de Sôr, 38 em Portalegre, 11 em Marvão, 16 em Nisa, 13 em Elvas, e 4 em Alter do Chão, Campo Maior e Crato.
No conjunto do distrito havia ontem 1016 casos ativos, estavam registados 2293 casos recuperados e os internamentos subiram para 46 (mais 2). © NCV

Faleceu José Reis Subtil

 José Reis Subtil
Com 81 anos de idade (nasceu em 21 de Abril de 1940), faleceu esta quarta-feira José Reis Subtil, que durante muitos anos trabalhou na Drogaria Roque que funcionou no edifício que é hoje sede da Caixa de Crédito Agrícola Mútuo, na Carreira de Cima.
Ao longo da sua vida, José Reis Subtil participou ativamente como associado ou membro dirigente na vida de diversas associações e instituições locais.
O funeral realiza-se hoje, quinta-feira, pelas 11:30 horas para o Cemitério Municipal de Castelo de Vide. © NCV

Faleceu Joaquim Luiz Bugalho

Joaquim Luiz Bugalho
Faleceu ontem em Castelo de Vide, Joaquim Luiz Bugalho, vítima de Covid-19.
Figura popular na Vila, vivia no Lar João Gonçalves Palmeiro Novo da Fundação Nossa Senhora da Esperança. Tinha 80 anos celebrado no passado dia 7 de Novembro.
O funeral realiza-se hoje, quinta-feira pelas 10 horas para o Cemitério Municipal de Castelo de Vide. © NCV

Câmara Municipal de Marvão apoia atividades de caráter regular das IPSS’s do concelho

A Câmara Municipal de Marvão anunciou que está a decorrer até ao próximo dia 8 de Fevereiro, um período para apresentação de candidaturas de apoio a atividades de caráter regular das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS’s) do concelho.
1. Destinatários
O presente Aviso destina-se às IPSS´s, conforme o definido no n.º 2 do art.º 2.º, do Anexo R.18, do Código Regulamentar do Município de Marvão.
2. Condições de atribuição
Podem candidatar-se aos apoios previstos no Edital, as IPSS’s que cumpram, cumulativamente, os seguintes requisitos:
a) Se encontrem legalmente constituídas e registadas;
b) Tenham órgãos sociais legalmente constituídos e efetividade de funções;
c) Possuem sede no concelho, ou delegação/filial, e aí exerçam e desenvolvam atividade regular;
d) Possuam inscrição atualizada no Registo Municipal, de acordo com o art.º 3.º do Anexo R.18, do Código Regulamentar do Município de Marvão;
e) Tenham a situação regularizada perante a Segurança Social e as Finanças.
3. Tipo de apoio
O tipo de apoio a atribuir, no âmbito do presente Aviso, é o seguinte:
- Apoio a atividades de caráter regular, conforme o enunciado no art.º 6.º do Anexo R.18 do Código Regulamentar do Município de Marvão;
- O presente apoio destina-se a despesas com a aquisição de bens necessários de prevenção, proteção e combate à COVID-19, nomeadamente, equipamento de proteção individual, mediante a apresentação dos respetivos documentos de despesa, realizada em 2021, ou, apresentação dos respetivos orçamentos de despesa a realizar;
- Em caso de despesa a realizar, a entidade requerente fica obrigada a, posteriormente, apresentar os comprovativos de realização da respetiva despesa.
4. Dotação financeira
A dotação máxima dos apoios a atribuir é de 20.000,00€ (vinte mil euros).
5. Formalização das Candidaturas
- As candidaturas devem ser formalizadas através de formulário próprio, a disponibilizar pela Câmara Municipal, e instruídas com os documentos indicados no referido formulário, de acordo com o tipo de apoio solicitado;
- A Câmara Municipal pode, sempre que o entender, solicitar à entidade requerente os elementos e os esclarecimentos que considere pertinentes para a apreciação do pedido;
- As candidaturas devem ser entregues, no prazo estabelecido, através do Portal do Associativismo de Marvão, disponível em: https://associativismo.cm-marvao.pt/
- Para a apresentação da candidatura é indispensável a leitura atenta do Anexo R.18 do Código Regulamentar do Município de Marvão. © NCV

Câmara Municipal de Nisa procedeu à desinfeção das instalações da Santa Casa da Misericórdia local

A Câmara Municipal de Nisa procedeu esta semana à desinfeção das instalações da Santa Casa da Misericórdia de Nisa, dando continuidade ao processo de prevenção e combate à pandemia de COVID-19.
“O objetivo é proporcionar maior segurança no que diz respeito ao bem-estar e à saúde dos profissionais de instituição e dos utentes, permitindo o regresso aos quartos que lhes estão destinados, reduzindo o risco de contágio entre os mesmos”, revela uma nota da Autarquia. © NCV

Avançam as ações de prevenção, controlo e erradicação de espécies exóticas invasoras no concelho de Marvão

Fotos © CMM/NCV
Está a ser implementado, no concelho de Marvão, o projeto intermunicipal de “Prevenção, Controlo e Erradicação de Espécies Exóticas Invasoras”, aprovado ao abrigo do POSEUR - Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos, e promovido pela Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA).
Estas intervenções englobam ações de corte das invasoras e controlo da vegetação espontânea sob coberto, rechega manual de sobrantes e posterior estilhaçamento.
O projeto, com a duração de dois anos, prevê outros cortes para controlo da rebentação que se venha a verificar após o primeiro corte.
As intervenções preconizadas pretendem ser um forte contributo para a erradicação das principais manchas de espécies invasoras, nomeadamente, acácias (Acacea spp.), dando-se oportunidade à regeneração natural de cumprir a sucessão natural, permitindo o desenvolvimento de folhosas autóctones com claros benefícios ao nível da biodiversidade e resiliência estrutural do espaço rural. © NCV

20 de janeiro de 2021

Fundação Nossa Senhora da Esperança:
surto de Covid-19 afeta 59 utentes e trabalhadores

“Apesar dos redobrados e permanentes esforços de prevenção e combate à pandemia desenvolvidos desde Março do ano passado”, regista-se neste momento um grave surto de Covid-19 nos dois lares de idosos da Fundação Nossa Senhora da Esperança, em Castelo de Vide, segundo informação tornada pública ontem pelo seu Conselho de Administração.
No Lar João Gonçalves Palmeiro Novo e no Lar do Convento registam-se neste momento 59 casos positivos entre os utentes e os trabalhadores, que estão todos assintomáticos e em isolamento sanitário.
Segundo a Fundação, “estão a ser seguidas todas as recomendações das autoridade de saúde que foram de imediato postas ao corrente da situação e têm sido devidamente atualizadas sobre a evolução da mesma”.
Detetado no sábado desenvolveu-se rapidamente
O comunicado de imprensa da Fundação adianta que o surto foi detetado no passado sábado dia 16 de Janeiro no quadro dos esforços de testagem regular levados a cabo pela instituição com a aplicação de testes rápidos antigénio, que são “os únicos que estão ao nosso alcance”.
“Apesar de terem sido colocados todos os utentes em alas e outras condições de isolamento e ativadas todas as medidas previstas nos planos de contingência, o surto desenvolveu-se de forma extraordinariamente rápida nas últimas 72 horas”.
Empenhamento de trabalhadores e colaboração dos utentes
“Nesta hora queremos deixar uma palavra de reconhecimento público a todos os trabalhadores da Fundação pela inexcedível dedicação e empenhamento com que têm enfrentado esta pandemia, lado a lado com os próprios utentes cuja boa compreensão e ativa colaboração igualmente se releva”, sublinha o Conselho de Administração da Fundação Nossa Senhora da Esperança.
Surto no Lar de Santo Amaro da Misericórdia local
Recorda-se que neste momento existe um outro surto Covid-19 no Lar de Santo Amaro da Santa Casa da Misericórdia local com 24 utentes e funcionários infetados entre os 35 residentes e os mais de 20 colaboradores. Todos se encontram assintomáticos.
Trata-se do segundo surto que afeta unidades desta instituição. Em Dezembro, no Lar João José Le Cocq registou um surto de Covid-19 infetou a totalidade dos 25 utentes e 11 funcionários. O surto foi considerado com “debelado” no passado dia 31 de Dezembro. © NCV

Covid-19: Castelo de Vide mantém-se em “risco elevado” com 343 novos casos por 100 mil habitantes

Clicar na imagem para ampliar.
O concelho de Castelo de Vide mantém-se em “risco elevado” de acordo com o critério de “novos casos por 100 mil habitantes” no período de 30 de Dezembro a 12 de Janeiro, que é de 343.
Nos territórios limítrofes a situação para o mesmo período é a seguinte: 591 novos casos por 100 mil habitantes em Portalegre, 832 em Marvão e 1502 no Crato. © NCV

Plano de vacinação nos lares de idosos começa hoje em Castelo de Vide e Póvoa e Meadas

Começam hoje a ser administradas vacinas pelos serviços do Centro de Saúde de Castelo de Vide no Lar da Terceira Idade de Nossa Senhora da Graça de Póvoa e Meadas e na Santa Casa da Misericórdia de Castelo de Vide.
A vacinação não inclui nesta fase os dois lares da Fundação Nossa Senhora da Esperança devido ao surto de Covid-19 que graça nos últimos dias (ver notícia separada).
“Uma corrida lenta contra o tempo, mas sempre cheios de esperança”, como referiu o Presidente da Câmara Municipal local nas redes sociais ao dar conta desta notícia. © NCV

Executivo Municipal admite 3 cantoneiros de limpeza e atribui subsídio à Conferência de S. Vicente de Paulo

O Executivo Municipal reúne-se esta manhã por videoconferência e vai deliberar sobre a atribuição de um subsídio pontual à Fábrica da Igreja Paroquial de Santa Maria da Devesa em apoio da atividade da Conferência de São Vicente Paulo e sobre uma proposta de abertura de procedimento concursal comum para recrutamento por tempo indeterminado de 3 assistentes operacionais para o serviço de higiene e limpeza urbana da Divisão Técnica de Obras e Urbanismo.
Na agenda está ainda uma decisão sobre “fixação de remuneração” para um “cargo de Direção Intermédia de 3.º Grau - Serviços Administrativos” e outra sobre confirmação de deliberação anterior de caducidade de licença para “alteração de fachada no Terreiro da Senhora da Alegria” solicitada por Sherene Marie Doucette.
Primeira alteração orçamental de 2021
Os vereadores vão também tomar conhecimento da primeira alteração ao Orçamento da Despesa e da Receita e às Grandes Opções do Plano do corrente ano de 2021 e de um “ Relatório de Análise Estatística do Posto de Turismo e Sinagoga Medieval de Castelo de Vide – 2020”.
Da agenda consta ainda o conhecimento de um protocolo celebrado entre a Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna, o Município de Castelo de Vide e a Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo para Acesso à Rede Nacional de Segurança Interna (RNSI), a composição da Comissão de Cogestão do Parque Natural da Serra de São Mamede, a Semana de Estudos Medievais 2021, a reunião do Conselho de Administração da Empresa de Águas do Alto Alentejo, EIM, SA, a 5ª edição do Festival Mental em Castelo de Vide e a relação dos licenciamentos e comunicações prévias de obras particulares, aprovados na globalidade durante o mês de Dezembro de 2021. © NCV

Projeto do Instituto de Estudos Medievais (FCSH/UNL) faz reconstituição virtual das zonas históricas de Castelo de Vide e Cáceres com apoio da FCT

O Instituto de Estudos Medievais - IEM da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade Nova de Lisboa comunicou à Câmara Municipal de Castelo de Vide que vai avançar o projeto “Pensa em grande sobre as pequenas vilas de fronteira: Alto Alentejo e Alta Extremadura leonesa (séculos XIII-XIV)”.
Os dois “objetivos principais”, contando com a participação de engenheiros do INESC-TEC traduzem-se “na reconstituição virtual das zonas históricas de Castelo de Vide e de Cáceres e no estudo da interação vilas raianas, dos dois lados da fronteira, nessa região”.
Financiamento de 188 mil euros
Submetido à FCT em Abril do ano passado, o projeto foi recomendado para financiamento e obteve um apoio de 188 mil euros que é considerado “um excelente incentivo para desenvolver a investigação e, com base nos outputs a produzir, exercer um verdadeiro impacto na sociedade local”. Vai agora ser discutido em detalhe pelo IEM com a FCSH a fim de se poder iniciar.
Castelo de Vide escolhido para este tipo de projetos
Ao dar a conhecer este projeto e o seu financiamento, na primeira reunião do Executivo Municipal de Dezembro passado, António Pita saudou “o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Instituto de Estudos Medievais” no quadro do protocolo assinado há 5 anos que “traz conhecimento e dinâmicas para o território”. O autarca congratulou-se “pelo facto de a Faculdade ter escolhido Castelo de Vide para este tipo de projetos”.
Uma colaboração com 5 anos
Recorda-se que o IEM realiza em Castelo de Vide desde há 5 anos as Jornadas Internacionais da Idade Média e a Escola de Outono de Estudos Medievais, no início do mês de Outubro, e para este ano tem também já prevista a concretização do colóquio “Pequenas Cidades e Saúde, da Idade Média à Época Contemporânea” de 6 a 8 de Maio próximo, como o NCV atempadamente noticiou. © NCV

Aviso: cobrança e leituras de água em Póvoa e Meadas nos dias 25 e 26 de Janeiro (próximas 2ª e 3ª feira)

Clicar na imagem para ampliar o Aviso.
“A Câmara Municipal de Castelo de Vide, informa os consumidores de água da Freguesia de Póvoa e Meadas que, excecionalmente, se encontram a pagamento, no edifício da Junta de Freguesia de Póvoa e Meadas, as faturas de consumo de água, referentes ao mês de dezembro de 2020, nos dias 25 e 26 de janeiro de 2021, no período compreendido entre as 09H00 e as 12H30.
De igual forma se solicita a todos os consumidores que no ato do pagamento da referida fatura forneçam a leitura do contador de água”.
O Presidente da Câmara,
António Pita

Operação de votação dos eleitores em confinamento obrigatório ou em lares de idosos termina hoje

Clicar na imagem para ampliar o edital.
Prosseguem e terminam hoje em Castelo de Vide as operações de votação dos eleitores em confinamento obrigatório ou que vivem em lares de idosos que estão a decorrer desde ontem em todo o país. © NCV

Gabinete de Crise da Câmara Municipal divulga o Programa Garantir Cultura

O Gabinete de Crise da Câmara Municipal de Castelo de Vide deu pública nota de que o Ministério da Cultura lançou o Programa Garantir Cultura (ver legislação AQUI), no valor de 42 milhões de euros.
Trata-se de um apoio universal, não concursal e a fundo perdido que representa a primeira fase de materialização de um programa aprovado pelo Orçamento do Estado para 2021 de apoio ao trabalho cultural e artístico, e no qual estão incluídas todas as empresas e entidades coletivas do setor e pessoas singulares profissionais da área.
O programa tem dois grandes objetivos: apoiar as entidades que exploram salas de espetáculos ao vivo e de cinema independente, e produtores, promotores e agentes de espetáculos artísticos, com compromisso de programação física ou digital; e apoiar pessoas ou entidades de todos os setores artísticos para programação que pode abranger apresentações físicas ou digitais.
Todas estas medidas de apoio estão disponíveis AQUI. © NCV
Mais informações podem ser obtidas junto do Gabinete de Crise da Câmara Municipal de Castelo de Vide, que agradece um contacto prévio através do telefone 245 908 220 ou pelo e-mail: gabinete.crise@cm-castelo-vide.pt).

123º aniversário da Restauração do Concelho de Marvão comemorada online no próximo Domingo

Clicar na imagem para ampliar o cartaz.
O 123º aniversário da Restauração do Concelho de Marvão (1898 – 2021) será este ano comemorada online comemorada online no próximo Domingo na página de Facebook do Município de Marvão, a partir das 14 horas. © NCV

Prossegue a instalação de uma Rede de Defesa da Floresta Contra Incêndios no concelho de Marvão

Prosseguem os trabalhos de instalação de uma Rede de Descontinuidade de Carga de Combustível, abrangendo a área da ZIF (Zona de Intervenção Florestal) de Marvão, numa área proposta de intervenção com cerca de 632,20 há, refere uma nota da Câmara Municipal de Marvão.
Esta intervenção teve início em janeiro de 2020 e, até ao momento, foram executados cerca de 335 ha, que incluem ações de controlo da vegetação espontânea, redução de densidades nos povoamentos, podas e desramações.
Trata-se de um projeto cofinanciado pelo Fundo Europeu Estrutural e de Investimento FEADER - Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural - através do PDR2020 e no âmbito do Portugal 2020. © NCV

19 de janeiro de 2021

Munícipes passam a poder participar nas reuniões do Executivo Municipal por videoconferência
- decisão não se aplica à reunião de amanhã

Clicar na imagem para ampliar.
Os munícipes vão passar a poder participar no período destinado à Intervenção do Público das reuniões do executivo Municipal, nos termos de um despacho assinado ontem segunda-feira dia 18 pelas 15:57 horas pelo Presidente da Câmara Municipal de Castelo de Vide.
Nesse documento se determina “por motivo de urgência, que seja dada a possibilidade a todos os interessados em participar nas próximas reuniões de Câmara, por videoconferência”, no referido período.
Máximo de 20 pessoas por limitações técnicas
As regras para intervir constam do Regimento aprovado pela Câmara Municipal em Novembro de 2017 com “o número de inscrições (...) condicionado à capacidade da aplicação e funcionalidade da reunião de Câmara, só se podem inscrever 20 pessoas por reunião”, devido a limitações da “aplicação utilizada para videoconferência “.
Não se pode aplicar à reunião de 4ª feira
“Para permitir organizar a participação dos interessados em assistir e/ou intervir, na reunião de Câmara, os mesmos devem inscrever-se, até às 17,00 horas do penúltimo dia anterior à realização da mesma, para possibilitar uma resposta, mais eficiente, dos serviços”.
Clicar na imagem para ampliar.

Ou seja até ontem, pelo que – nos termos do despacho e dada a hora da assinatura do despacho - a decisão certamente não se poderá aplicar ainda à reunião de amanhã, dia 20 de Janeiro pelas 9 horas através de videoconferência. Reunião onde o despacho será presente “com vista à sua ratificação”.
Inscrições por e-mail até ao penúltimo dia
“As inscrições serão feitas através de correio eletrónico com o seguinte endereço administraogeral@cm-castelo-vide.pt (onde deverá constar a identificação (nome) e o endereço eletrónico para o qual será dirigido o convite da Câmara Municipal para participar na reunião), bem como o assunto a tratar”, refere também o despacho.
“Prosseguir os fins de interesse público”
A decisão de António Pita alega que os fundamentos de “as medidas excecionais e temporárias de resposta à situação epidemiológica provocada pelo COVID-19, permitirem a realização das reuniões dos órgãos deliberativos e executivos, por videoconferência ou de outros meios de comunicação digital ou à distância” e “à necessidade de prosseguir os fins de interesse público e para que as reuniões de Câmara, realizadas por meio de videoconferência se possam aproximar o mais possível da realidade das presenciais”. © NCV

Agrupamento de Escolas de Castelo de Vide:
Covid-19 coloca turma do 6ºA em ensino à distância

O Agrupamento de Escolas de Castelo de Vide tornou público ontem ao final da tarde a “interrupção do ensino presencial para todos os alunos da turma” do 6ºA (…) “passando a vigorar o ensino à distância, a partir do dia 19 de Janeiro de 2021, até indicação de regresso ao ensino presencial”.
A decisão foi tomada pelas autoridades de saúde pública “e acordo com o número de casos, a possibilidade de casos positivos para a COVID-19 e o número de alunos que podiam frequentar a escola”. © NCV

Agrava-se situação Covid-19 em Castelo de Vide mas ULSNA reportou hoje apenas mais 1 casos ativo

Clicar na imagem para ampliar.

Voltou hoje a agravar-se a situação epidemiológica Covid-19 em Castelo de Vide. De acordo com o relatório diário oficial da ULSNA são agora 32 os casos ativos e subiu para 94 o número de casos confirmados desde o início da pandemia.
Mas a situação real será infelizmente ainda mais gravosa já que, oficiosamente, o NCV conseguiu saber que este quadro não reflete ainda integralmente a situação no terreno, nomeadamente em relação ao que se se passa em dois lares de idosos da sede do concelho.
A partir dos dados oficiais o retrato estatístico da situação local deverá assim agravar-se substancialmente nos próximos dias.
Marvão mantém 26 casos ativos
No concelho de Marvão continuam os 26 os casos ativos entre os 135 confirmados; o mesmo acontece em Nisa onde continuam hoje ativos 136 dos 297 casos confirmados e em Portalegre subiram de 119 para 126 os casos ativos entre o total de 829 (mais 7) confirmados.
De acordo com a mesma fonte, os concelhos do distrito com mais casos confirmados desde o início da pandemia continuam a ser Portalegre (829, mais 7), Elvas (682), Nisa (297), Crato (206), Marvão (135) e Ponte de Sôr (233, mais 6).
Em termos de casos ativos à data de hoje, Arronches subiu para 13 casos; a lista é liderada por Elvas (276, mais 12), Nisa (mantém 136), Portalegre (126, mais 7), Campo Maior (109) e Ponte de Sôr (105).
Mais 46 casos ativos 2 2 internamentos no distrito
Quanto a óbitos a ULSNA regista hoje 102 óbitos (mais 2) na sua área de atuação, dois dos quais em Castelo de Vide, 38 em Portalegre, 11 em Marvão, 13 em Nisa, 12 em Elvas, 3 em Avis e Ponte de Sôr, 4 em Alter do Chão, Campo Maior e Crato.
No conjunto do distrito havia ontem 1097 (mais 46) casos ativos, estavam registados 2101 casos recuperados e os internamentos subiram para 44 (mais 2). © NCV
Clicar na imagem para ampliar.

Governo decidiu reforçar as medidas de confinamento para combate à pandemia

O Conselho de Ministros reuniu extraordinariamente ontem – segunda-feira dia 18 de Janeiro – para reforçar as medidas de combate à pandemia. Assim, além das medidas já em vigor, o Governo decidiu:
- Proibir circulação entre concelhos aos fins-de-semana;
- Exigir emissão e apresentação de declaração da entidade empregadora para quem circula na via pública por motivos de trabalho;
- As empresas de serviços com mais de 250 trabalhadores devem comunicar à ACT nas próximas 48 horas a lista nominal de todos os trabalhadores cujo trabalho presencial considerem indispensável;
- Limitar horários de funcionamento das lojas até às 20h00 em dias úteis e até às 13h00 aos fins-de-semana. Os estabelecimentos de retalho alimentar só podem funcionar até às 17h00 nos fins-de-semana;
- Proibir vendas de bens ao postigo. No caso de cafés e restaurantes, a venda ao postigo só é permitida para produtos embalados e sem bebida;
- Proibir o funcionamento de restaurantes em centros comerciais, mesmo em regime de take-away.
- Proibir ajuntamentos e consumo de bens alimentares nas imediações de restaurantes e cafés;
- Encerrar todos os equipamentos desportivos, incluindo courts de ténis e de padel ao ar livre;
- Encerrar centros de dia, universidades sénior e espaços de convívio;
- Proibir a permanência de pessoas em jardins e espaços públicos de lazer;
- Proibir campanhas promocionais que promovam a deslocação de pessoas;
- Funcionamento dos centros de ATL para crianças até aos 12 anos.
Aumentar fiscalização e acelerar vacinação
A par destas medidas, o Governo determinou ainda aumentar a fiscalização por parte das forças de segurança, sobretudo nas imediações dos espaços escolares, bem como por parte da ACT, e também acelerar a vacinação em estruturas residenciais para idosos de modo a concluir a primeira toma até ao final do mês do Janeiro. © NCV

Meteorologia local:
IPMA anuncia semana de chuva até dia 26 de Janeiro

Clicar na imagem para ampliar.
As mais recentes previsões (numéricas) do IPMA indicam que a chuva fará o seu regresso a partir da próxima madrugada, em regime de chuva fraca ou chuviscos, que evoluirá durante a noite para chuva e aguaceiros “por vezes fortes e acompanhados de trovoada”. O que levou mesmo o Instituto a emitir um avio amarelo para o período entre a meia noite de hoje e as 9 horas da manhã de amanhã, quarta-feira dia 20 de Janeiro.
De acordo com esses mesmo dados atuais, a chuva manter-se-á por uma semana, até dia 26 de Janeiro.
As temperaturas mínimas vão subir situando-se entre os 9ºC e os 13ºC com as temperaturas máximas a quedar-se entre os 13ºC e os 16ºC.
O vento soprará moderado do quadrante sul rodando para sul-sudoeste durante a semana. © NCV

Presidente da Junta de Freguesia de Póvoa e Meadas recorda regras dos funerais e de atendimento ao público

Clicar para ampliar.
O Presidente da Junta de Freguesia de Póvoa e Meadas recordou em comunicado aos seus fregueses que, em matéria de funerais e no quadro do atual confinamento geral em estado de emergência, “os velórios estão proibidos” e no “acesso ao cemitério apenas será permitida a presença de 20 pessoas no máximo, dando prioridade aos familiares enlutados”.
Privilegiar o contacto à distância
As recomendações de António Simão estendem-se ao relacionamento dos seus fregueses com a própria Junta, solicitando que, sempre que possível, evitem deslocar-se à Secretaria, privilegiando o e-mail (jfregpovoaemeadas@sapo.pt) ou os telefones 245 968 500 ou 969 969 808.
Para tudo o que não possa ser resolvido à distância mantém-se o atendimento na Secretaria na parte da manhã (das 9 às 13 horas). A recomendação do autarca sublinha a necessidade de respeitar a distância de segurança e de utilizar o desinfetante “disponível à entrada das nossa instalações”.
Clicar para ampliar.
Posto de Correios funciona da parte da tarde
Da parte da tarde (das 14 às 17 horas) o atendimento será dedicado ao serviço do Posto de Correios, com apenas uma pessoa de cada vez no espaço.
Finalmente o autarca de Póvoa e Meadas recomenda mais uma vez “a toda a população que siga as instruções, recomendações e orientações da Direção-Geral de Saúde, já amplamente anunciadas e conhecidas por todos, disponíveis em www.dgs.pt ou contactar o SNS 24 pelo 808 24 24”. © NCV

Vida económica local: Churrasqueira “Os Amigos” continua a funcionar apenas à hora do almoço

O restaurante Churrasqueira “Os Amigos”, também conhecido por “Chalana”, na Carreira de Cima, continua a trabalhar diariamente em modo de takeaway, mas apenas no horário dos almoços, entre as 12 e as 15 horas.
A oferta inclui alguns conhecidos pratos da sua ementa tradicional como seja perna de porco no forno, lombo assado no forno, borrego assado, bacalhau assado e dourado, carne de porco à alentejana, molhinhos de tomatada, etc.. As encomendas podem ser feitas no local ou pelo telefone 245 901 781. © NCV

Vida económica local: Snack-Bar “O Goivo” fornece frangos, bifanas e sopa mas apenas para os almoços

O snack-bar "O Goivo", na Carreira de Cima, continua durante o confinamento do atual estado de emergência a fornecer os seus reputados “frangos assados”, juntamente com sopas e bifanas à hora do almoço.
O serviço de takeaway funciona apenas à hora de almoço (a partir das 12 horas) e os clientes interessados podem “encomendar e levar para casa”, utilizando para tal o telemóvel 918 477 798. © NCV

Organizadores cancelam Trail de Marvão que regressará em 2022 em data ainda a definir

A edição deste ano do Trail de Marvão, prova organizada pela Câmara Municipal local, pelo Grupo Desportivo Arenense, União da Juventude Arenense e Associação de Atletismo de Portalegre, foi cancelada e reaparecerá em 2022. A decisão fica a dever-se, essencialmente, à atual situação epidemiológica, relacionada com a pandemia de COVID-19, e à “incerteza daquilo que será o futuro mais próximo”.
“Ainda com data por definir, o objetivo da organização desde evento é regressar em 2022, já com todas as condições necessárias para realizar uma prova em total segurança e repetir o ambiente festivo da última edição, com a presença de um grande número de atletas, nas duas vertentes (Trail e Caminhada)”, segundo uma nota divulgada pela Câmara Municipal de Marvão. © NCV

GNR de Portalegre registou 19 acidentes com três feridos leves de 11 a 17 de Janeiro

O Comando Territorial de Portalegre da GNR tornou público que na semana de 11 a 17 de Janeiro, se registaram no distrito 19 acidentes de viação com três feridos leves. Para além disso foram detetadas 116 infrações (multas) destacando-se: 24 por excesso de velocidade, 20 relacionadas com tacógrafos e três por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças.
Quatro detenções
Foram efetuadas no mesmo período 4 detenções em flagrante delito, entre as quais uma por condução sob o efeito do álcool e outra “por falsificação de notação técnica”.
Seis contraordenações e 339 ações de sensibilização
Na área da fiscalização geral foram levantados seis autos de contraordenação relativos à proteção da natureza e do ambiente.
Ações de sensibilização foram 339: 151 no âmbito do programa “Idosos em Segurança”, tendo sido contactados 234 idosos, 104 no quadro do programa “Escola Segura”, tendo sido sensibilizados 104 pessoas da comunidade escolar, e 84 no âmbito do programa “Comércio Seguro”, tendo sido sensibilizados 84 comerciantes. © NCV

Candidaturas ao Programa de Apoio à Produção Nacional (base local) estão abertas até 15 de Fevereiro

A Câmarea Municipal de Marvão chamou a atenção para que já estão abertas as candidaturas ao Programa de Apoio à Produção Nacional (base local), destinado a micro e pequenas empresas do setor industrial e turístico, e que tem, como principal objetivo, estimular a produção nacional e a redução da dependência face ao exterior.
Prazo de candidaturas: até às 18 horas de dia 15 de Fevereiro.
Beneficiários: micro e pequenas empresas de qualquer natureza e sob qualquer forma jurídica (ver ponto 6. Critérios de elegibilidade dos beneficiários - aviso de candidatura).
Âmbito Setorial: São elegíveis, as operações inseridas nas atividades do sector da indústria, em concreto as atividades incluídas nas divisões 05 a 33 da CAE, bem como as CAE das divisões 55 - Alojamento e 56 - Restauração e similares. Poderão ainda ser apoiados, neste aviso, projetos de 2ª transformação de produtos agrícolas e não agrícolas, a comercialização a retalho dos produtos constantes do Anexo I do Tratado ou a prestação de serviços, desde que fora das explorações agrícolas.
Despesas elegíveis:
São elegíveis as seguintes categorias de despesas, realizadas após a submissão da candidatura:
a) Custos de aquisição de máquinas, equipamentos, respetiva instalação e transporte;
b) Custos de aquisição de equipamentos informáticos, incluindo o software necessário ao seu funcionamento;
c) Software standard ou desenvolvido especificamente para a atividade da empresa;
d) Custos de conceção e registo associados à criação de novas marcas ou coleções;
e) Custos iniciais associados à domiciliação de aplicações, adesão inicial a plataformas eletrónicas, subscrição inicial de aplicações em regimes de «Software as a Service», criação e publicação inicial de novos conteúdos eletrónicos, bem como a inclusão ou catalogação em diretórios ou motores de busca;
f) Material circulante diretamente relacionado com o exercício da atividade, até ao limite máximo elegível de 40 mil euros;
g) Estudos, diagnósticos, auditorias, Planos de marketing, até ao limite máximo elegível de 5 mil euros;
h) Serviços tecnológicos/digitais, sistemas de qualidade e de certificação, até ao limite máximo elegível de 50 mil euros;
i) Obras de remodelação ou adaptação, para instalação de equipamentos produtivos financiados no âmbito deste projeto, até ao limite de 60% do investimento total elegível apurado, desde que contratadas a terceiros não relacionados com o adquirente beneficiário dos apoios, não sendo financiados materiais de construção adquiridos autonomamente.
Taxas de financiamento das despesas elegíveis (pode ir até aos 60%)
Taxa base de 40% para os investimentos localizados em territórios do interior ou 30% para os investimentos localizados nos restantes territórios.
À referida taxa base acrescem as seguintes majorações, até um máximo de 20 pontos percentuais (pp):
a) Majoração de 20pp para os projetos com enquadramento na Estratégia de Eficiência Coletiva PROVERE InMotion, “Alentejo Turismo e Sustentabilidade”: 20 pontos percentuais;
b) Majoração de 10pp para projetos de expansão ou modernização de micro e pequenas empresas criadas há menos de cinco anos;
c) Majoração de 5pp para projetos cujos investidores têm o estatuto de Investidor da Diáspora.
Forma e limites dos apoios:
Apoio não reembolsável, aplicando-se a modalidade de reembolso de custos elegíveis efetivamente incorridos e pagos.
Apresentação das candidaturas:
A apresentação de candidaturas é efetuada através de formulário eletrónico no Balcão 2020 (AQUI).
Para apresentar a candidatura é indispensável que o beneficiário tenha efetuado registo e autenticação neste Balcão 2020.

18 de janeiro de 2021

Unidade de Cuidados Continuados em Castelo de Vide foi analisada em reunião na CCDR do Alentejo

Foto © D.R./NCV
O Presidente da Fundação Nossa Senhora da Esperança, João Palmeiro e o Presidente da Câmara Municipal de Castelo de Vide, António Pita, reuniram  em Évora na passada segunda-feira dia 11 de Janeiro com o Presidente da CCDR do Alentejo, António Ceia da Silva.
Na agenda estiveram vários investimentos na área social e na área da saúde a promover por esta instituição castelovidense, nomeadamente a projetada Unidade de Cuidados Continuados a edificar pela Fundação em Castelo de Vide em terreno municipal junto ao forte de S. Roque cedido pela Câmara Municipal.
Contrato em vigor com o Ministério da Saúde
Na sequência deste encontro vai ser promovida uma nova reunião de trabalho envolvendo a CCDR do Alentejo, e responsáveis pelas áreas da segurança social e da saúde a fim de tentar desbloquear este projeto.
Recorda-se que este projeto foi alvo há vários anos de um contrato, que nunca foi denunciado, entre o Ministério da Saúde e a Fundação Nossa Senhora da Esperança, cujo Conselho de Administração nunca deixou de lutar pela sua concretização e investiu no projeto um considerável esforço financeiro. © NCV
Foto © D.R./NCV

Vida económica local:
Restaurante Buffet “A Mó” está encerrado e anuncia para esta semana decisões sobre funcionamento

O Restaurante Buffet “A Mó”, que funciona nas instalações da Associação dos Bombeiros, no Sítio do Canapé, mantém-se encerrado e ainda não tomou qualquer decisão sobre o funcionamento nestas semanas de confinamento do atual estado de emergência.
“Neste momento ainda não estamos a trabalhar em takeaway”, referiu a gerente ao NCV, adiantando que “esta semana vamos decidir o que fazer uma vez que a situação em Castelo de Vide já não é das melhores e a procura poderá mesmo descer…”. © NCV

Vida económica local: Farmácia Freixedas disponível para entregas ao domicílio

Tendo em conta o estado de emergência que o país atravessa, a Farmácia Freixedas tornou público que está disponível para entregas ao domicílio.
Sob o lema “mantenha-se em casa que nós tratamos de si!”, a oferta de apoio destina-se a todos os que ”não podem sair de casa ou preferem manter-se protegidos em casa”.
Os interessados devem para o efeito entrar em contacto por via telefónica (915702748 ou 245901152) com a farmácia dando conta de quais os medicamentos de que necessita. © NCV

Vida económica local: José Manuel Pires encerrou os restaurantes D. Pedro V e Blanc Bleu

O empresário José Manuel Pires decidiu encerrar totalmente durante esta fase do estado de emergência e de confinamento geral os seus restaurantes D. Pedro V e Blanc Bleu em Castelo de Vide.
Numa nota dirigida aos clientes publicada nas redes sociais, o empresário sublinhou que “vivemos tempos difíceis, incertos e de muita desinformação” e que “os timmings são importantes para que a confeção alimentar com qualidade seja o resultado final”.
“O sector da restauração e o emprego a ele associado precisa muito da sua ajuda, a restauração e a hotelaria foram o sustento do desenvolvimento económico e social dos últimos anos e voltará a ser, não lhe virem as costas…”, apela José Manuel Pires. © NCV

Vida económica local:
“Sabores da Terra” mantém venda de pão e afins (com café) em horário reduzido e regime de “take away”

O espaço comercial dos “Sabores da Terra”, na Rua de Olivença, em Castelo de Vide anunciou que vai funcionar nos mesmos moldes em que trabalhou em Março/Abril, e que mantém assim a venda de pão e afins em horário reduzido (das 7 às 16 horas) e regime de “take away”. Mas desta vez também com "venda de café”.
“Por forma a resguardarmos a nossa segurança, enquanto agentes servidores, agradecemos que seja mantida, para além da distância exigida, o número de afluência”.
“Aos clientes, familiares e amigos desejamos que esta etapa seja superada, com comportamentos responsáveis, contrariando a tendência sobrelotada das instalações hospitalares e não pondo em risco a vida dos mais frágeis. Da nossa parte tudo faremos para trabalharmos e servirmos em segurança”. © NCV

Eleição para o Presidente da República: local das mesas e assembleias de voto em Castelo de Vide

Clicar na imagem patrra ampliar o Aviso.
"Avisam-se todos os eleitores recenseados nas Freguesias de Santa Maria da Devesa, de São João Batista e de Santiago Maior, que a votação para a Eleição do Presidente da República/2021, vai ter lugar no próximo dia 24 de janeiro, no período compreendido entre as 8:00 horas e as 19:00 horas, no Pavilhão Gimnodesportivo de Castelo de Vide (Zona Desportiva), local que melhor oferece as indispensáveis condições de capacidade, segurança e acesso, impostas pela Direção-Geral de Saúde”.
O Presidente da Câmara,
António Pita

Parques infantis e espaços desportivos temporariamente encerrados em todo o concelho de Marvão

Fotos © CMM/NCV
A Câmara Municipal de Marvão informou a população que, na sequência da implementação do Estado de Emergência, e de forma a reduzir e conter os riscos de exposição, contágio e proliferação da COVID-19, os parques infantis e os diversos espaços desportivos do concelho encontram-se temporariamente encerrados. © NCV

Fronteira de Cedillo aberta até 31 de Março entre as 9 horas de sábado às 21 horas de Domingo

Clicar na imagem para ampliar o cartaz.

CIMAA reuniu “stakeholders” do Projeto Ramsat

A Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA), entidade coordenadora do projeto, organizou recentemente a terceira reunião de “stakeholders” do RAMSAT, financiado pelo programa Interreg Europe e que pretende promover a revitalização de zonas de montanha.
A reunião, que decorreu no dia 11 de Janeiro por videoconferência, destinou-se a fazer o ponto da situação atual e a analisar potenciais boas práticas deste projeto que, através da sensibilização e do apoio ao sector do turismo sustentável, tem por missão influenciar positivamente a manutenção da população em zonas montanhosas e aumentar a sua qualidade de vida, ajudando depois à modernização de sistemas de produção existentes e contribuindo igualmente para a criação de novos negócios.
Este programa de ação significa que o projeto RAMSAT está plenamente alinhado com a Estratégia Europeia 2020, uma vez que promove em simultâneo um crescimento inteligente – através da melhoria do conhecimento e da inovação; um crescimento sustentável - através do reforço da competitividade económica e da utilização eficiente dos recursos por via do intercâmbio de boas práticas entre regiões; e um crescimento inclusivo – através da promoção ao nível da coesão social e territorial. © NCV