P U B L I C I D A D E

19 de agosto de 2017

Castelo de Vide em situação de calamidade preventiva até à meia noite de segunda-feira

No quadro da Lei de Bases da Proteção Civil, o Primeiro-Ministro e a Ministra da Administração Interna declararam cerca de dois terços dos concelhos do país “com índice de risco elevado ou extremo de incêndio” em situação de calamidade de carácter preventivo até à meia noite de segunda feira dia 21 de Agosto.
Ficou, determinada a “adoção imediata de medidas que permitam disponibilizar recursos adicionais para ações de prevenção, bem como de proteção civil, em caso de necessidade, para as áreas do território objeto da presente declaração”, das quais a Proteção Civil Municipal destacou em comunicado as seguintes:
“Mobilização em permanência das Equipas de Sapadores Florestais;
Proibição do acesso, circulação e permanência no interior dos espaços florestais, previamente definidos nos PMDFCI, bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais e outras vias que os atravessam;
Proibição total da utilização de fogo-de-artifício ou outros artefactos pirotécnicos, independentemente da sua forma de combustão;
Suspensão de todas as autorizações de lançamento de fogos-de-artifício que possam ter sido emitidas, nos referidos concelhos e enquanto vigorar o estado de calamidade;
Proibição total da utilização em todos os espaços rurais de máquinas de combustão interna ou externa, onde se incluem todo o tipo de tratores e máquinas agrícolas ou florestais, bem como realização de trabalhos nos espaços florestais com recurso a motorroçadoras, corta-matos e destroçadores;
A presente declaração de calamidade implica a obrigação de todos os cidadãos e demais entidades privadas a prestar às autoridades de proteção civil a colaboração pessoal que lhes for requerida e a respeitar as ordens e orientações que lhes forem dirigidas, nos termos do artigo 11.º da Lei de Bases da Proteção Civil”.
A Proteção Civil Municipal

Em memória de José Vicente Manso
no Dia Mundial da Fotografia

No dia mundial da fotografia, que hoje se comemora, relembro um fotógrafo castelovidense, José Vicente Manso (1906 - desconheço o ano da sua morte).
Publicam-se o retrato do fotografo, a imagem da sua máquina fotográfica e alguns dos seus trabalhos fotográficos, que não são, de todo, desconhecidos da maioria dos castelovidenses pois estiveram expostos no “foyer” do cine-teatro de Mouzinho da Silveira até à ultima remodelação daquela casa de espetáculos. 
A máquina fotográfica marca Glunz Hannover funcionava com negativos de vidro 9 por 12, fabricada na Alemanha de 1890 a 1900.
As fotografias
Pessoas em despreocupado e bucólico convívio, provavelmente um “pic-nic”, fotografia que J.V.M. na sua camara escura, aprimorou com aquela cercadura oval, tão em voga na época (1928). Ao observar aquela gente ali sentada ocorreu-me parafrasear José Luís Peixoto “ as fotografias não são a prova de um tempo que passou. São a prova desse tempo, agora mesmo ”.
O frondoso e aprazível “Parque João José da Luz em dia de neve”, em dia de sortilégio, acrescento eu. 
Aquele lugar outrora chamado terreiro da Galhofa onde, dizem, ocorriam touradas, mais tarde transformado em luminoso e fresco jardim. A que deram o nome de Gonçalo Eanes jovem castelovidense que integrou o lado direito do quadrado, ala dos namorados, formado pelas tropas portuguesas em 1385, na batalha de Aljubarrota.
Em memória de José Vicente Manso, que um dia ofereceu, à comissão municipal de turismo e por essa via a todos nós, estas belas fotografias da sua terra natal Castelo de Vide.
Agradecimentos: Augusto João Godinho Manso, João Magusto( SACMCV), Maria de jesus Godinho Manso e Maria de Lurdes A. Serrano Silva.
João Calha
Agosto de 2017


Desfile etnográfico e XXV Festival de Folclore nas Festas de Verão em Póvoa e Meadas

Clicar na imagem para ampliar o cartaz.

Prosseguem hoje as Festas de Verão 2017 em Póvoa e Meadas. É o dia do desfile etnográfico, que começa pelas 21 horas, seguindo-se o XXV Festival de Folclore e baile com o organista Vítor Realinho a partir da meia noite.
O programa para amanhã Domingo inclui uma tourada à vara larga marcada para as 18 horas, um espetáculo de sevilhanas (Grupo de Folclore Las Planthas) encerrando com um baile acompanhado pelo organista João Carlos Cardoso. © NCV

ADCV promove hoje Night Run, Kids Run e Caminhada também em apoio dos Bombeiros

Clicar na imagem para ampliar o cartaz.

Banda União Artística de Castelo de Vide na agenda da Rota dos Coretos do Norte Alentejano na 2ª feira

Clicar na imagem para ampliar o cartaz.





18 de agosto de 2017

Cinco feridos ligeiros esta manhã em despiste e capotamento na estrada de Póvoa e Meadas

Ocorreu hoje ao final da manhã um acidente de viação com despiste e capotamento de veículo ligeiro na estrada entre Póvoa e Meadas e Castelo de Vide, de que resultaram 5 feridos ligeiros que foram transportados para o Hospital de Portalegre.
O socorro foi prestado pelo corpo de bombeiros de Castelo de Vide, sob a coordenação do seu comandante Pedro Rabaça, e pela GNR local. 
No local estiveram ativos o veículo de comado e a viatura de desencarceramento. Fotos © D.R./NCV

Festival do Crato 2017 de 21 a 26 de Agosto

Clicar na imagem para ampliar o cartaz.

16 de agosto de 2017

Festas de Verão em Póvoa e Meadas: largadas de toiros hoje e amanhã na "Fonte de Paules"

Clicar na imagem para ampliar o cartaz.

Hoje e amanhã reeditam-se em Póvoa e Meadas as tradicionais largadas de toiros na "Fonte de Paules" com gado cedido pela ganadaria Godinho & Simão. Enquadram-se nas Festas de Verão que terão lugar até ao próximo Domingo, dia 20 de Agosto.
Na sexta-feira o programa inclui baile a partir das 22 horas com o organista Nuno José. No sábado o desfile etnográfico começa às 21 horas seguindo-se o XXV Festival de Folclore e baile com o organista Vítor Realinho a partir da meia noite.
O programa para Domingo inclui uma tourada à vara larga marcada para as 18 horas, um espetáculo de sevilhanas (Grupo de Folclore Las Planthas) encerrando com um baile acompanhado pelo organista João Carlos Cardoso. © NCV

Executivo delibera hoje sobre taxas de IMI sobre prédios urbanos a cobrar em 2018

Na sua reunião ordinária desta manhã, a segunda deste mês de Agosto, a vereação é chamada a deliberar sobre a proposta das taxas a aplicar aos prédios urbanos em 2017, com cobrança no próximo ano de 2018, nos termos do Código do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI). Neste momento tem vindo a ser aplicada a taxa mínima de 0,3%.
Esta proposta deverá depois ser submetida à aprovação da Assembleia Municipal, cuja próxima reunião está agendada para o dia 11 de Setembro.
Trabalhos a mais do Martinho a S. José
O Executivo vai ainda tomar “conhecimento” de uma “minuta do contrato” relativo a “trabalhos a mais” no âmbito da Empreitada de Valorização da Entrada de Castelo de Vide, Martinho/S. José – Corredores Pedonais”.
Interesse Público Municipal na pecuária
A agenda de trabalhos publicada por António Pita inclui também uma proposta no sentido do reconhecimento do Interesse Público Municipal na Regularização da Atividade Pecuária” nos termos e para os efeitos previstos na lei.
Ratificação de despachos
Para além disso da ordem do dia constam ainda diversas ratificações de despachos, deliberações e conhecimentos referentes a licenças municipais para vários eventos, para além de deliberação sobre uma alteração ao objeto do “acordo de gestão para trabalhos de manutenção na Variante a Castelo de Vide” estabelecido com a Infraestruturas de Portugal SA. © NCV
Clicar na imagem para ampliar.
Clicar na imagem para ampliar.

Troço Martinho-São José sem trânsito de dia para trabalhos de repavimentação na 5ª e 6ª feira

Clicar na imagem para ampliar o Aviso.

Eleições Autárquicas em Castelo de Vide:
CDS encabeça boletins de voto para a Câmara
e CDU os das Assembleias Municipal e de Freguesia

Specimen apenas cm fins ilustrativos.
Já são conhecidos os resultados do sorteio judicial que determina a ordenação das candidaturas nos boletins de voto a utilizar nas próximas Eleições Autárquicas de 1 de Outubro em Castelo de Vide.
Os boletins de voto para a Câmara Municipal são encabeçados pelo CDS, seguido da CDU, do PS e do PSD.
Por outro lado, a ordenação nas listas para a Assembleia Municipal e para as Assembleias de Freguesia, as três formações candidatas vão surgir ordenadas da seguinte forma: CDU, PS e PSD.
Três boletins de voto
São três os boletins de voto apresentados a cada eleitor na eleição autárquica, um para cada um dos três órgãos autárquicos que se elegem. Estes três boletins de voto são de cor diferente: cor branca para a Assembleia de Freguesia, cor amarela para a Assembleia Municipal e verde para a Câmara Municipal. Para além da diferença de cor, em cada boletim de voto estará impresso o símbolo gráfico do órgão a eleger.
Por outro lado, nos termos da lei eleitoral aplicável, as provas tipográficas dos boletins de voto serão obrigatoriamente expostas no edifício da Câmara Municipal até ao 33.º dia anterior ao da eleição e durante três dias, o que corresponderá no máximo desta vez a 30 de Agosto. © NCV

Época desportiva 2017-2018 na ADCV:
juvenis e juniores iniciam atividades já amanhã

Clicar na imagem para ampliar o cartaz.





Fotorreportagem: a banda de Póvoa e Meadas nas Festas de S. Simão no Pé da Serra

Fotos © SRMPM/NCV
Fotos © SRMPM/NCV

Misericórdia de Nisa organiza garraiada na 6ª feira

Clicar na imagem para ampliar o cartaz.